Voltar
Publicado por em 22 de janeiro de 2019

5 dicas para converter mais clientes usando vídeo

As estatísticas já apontam que em 2021 mais de 80% do tráfego da internet será de vídeo. Diante dessa realidade, quem ignorar o poder dos vídeos corre um sério risco de ver seus resultados despencarem. Se você não quer perder clientes para a concorrência, confira essas 5 dicas para converter mais usando vídeo.

 

Usar vídeos nos negócios já é mais uma norma no mundo da internet. As pessoas se tornaram mais engajadas visualmente e querem resultados muito mais rápidos. Por isso, o vídeo está dominando o marketing e a publicidade e se tornando uma ferramenta poderosa de conversão. Para você tirar melhor proveito dos vídeos como estratégia de marketing, separamos 5 dicas de sucesso.

 

1. Faça transmissões ao vivo

A natureza instantânea da transmissão ao vivo faz dela uma das formas mais autênticas de abordar um conteúdo. Você pode fazer quase tudo: perguntas e respostas, demonstrações, notícias de última hora, séries recorrentes, concursos, bastidores e muito mais.

Acredite ou não, os vídeos ao vivo podem converter leads¹ em clientes! Essa interação genuína atrai os espectadores, diferentemente de um vídeo genérico ou um e-mail. Então, da próxima vez que você quiser compartilhar uma informação importante, faça isso com a transmissão ao vivo.

E sabe o que é melhor? Qualquer um pode fazer vídeos ao vivo, pois é muito simples e não requer muitos ajustes técnicos. De blogueiros pessoais a profissionais, quase todos podem se beneficiar dos serviços de streaming² ao vivo das mídias sociais.

IMPORTANTE: O Facebook recomenda que a transmissão dure pelo menos 10 minutos, portanto, planeje antes de começar. Para cada momento em que você está ao vivo, é necessário que haja algo que mantenha os espectadores envolvidos.

 

2. Personalize suas miniaturas

Em meio a tantos vídeos publicados por dia, é preciso usar a criatividade e produzir miniaturas que capturem a atenção do espectador. A miniatura, ou thumbnail, é a imagem de capa do seu vídeo e deve trazer uma previsão do assunto que será tratado. Essa pequena imagem pode representar até 60% da intenção de cliques no seu vídeo, por isso capriche!

Uma técnica que tem sido muito usada é adicionar textos curtos junto a uma imagem retirada do próprio vídeo, mas lembre-se que não há fórmula mágica, é preciso ir testando e analisando o formato que traz mais resultado com seu público.

IMPORTANTE: As miniaturas são importantíssimas para divulgar e fortalecer sua marca, por isso, mantenha um padrão de cores, fonte e tamanho de texto para seguir a mesma identidade visual de outros materiais de comunicação. Você também pode criar sub padrões para temas e séries específicas.

3. Mais vídeos, mais lugares

Vídeos devem ser produzidos continuamente. Não se limite a apenas um vídeo que explique tudo sobre sua marca e seu produto. Faça vários vídeos curtos e coloque no maior número possível de lugares: em páginas do seu site, landing pages³, anúncios, redes sociais, em todo lugar! Quanto mais páginas você tiver com vídeos, mais provável será que seu público encontre algo que os converta em clientes de longo prazo. É tudo questão de matemática: mais vídeos = mais chances de converter clientes.

A Fulltime, por exemplo, produziu uma série de vídeos para divulgar seus produtos. Confira na playlist abaixo (clique no ícone no canto superior esquerdo para visualizar os outros vídeos):

 

IMPORTANTE: Adicionar palavras-chave relacionadas a sua mensagem e fazer uma boa descrição podem ajudar seu vídeo a aparecer com mais frequência nas pesquisas do YouTube e também do Google.

 

4. Faça vídeos curtos e objetivos

Pense em quanto tempo seu vídeo precisa ter. Se estiver em uma página de conversão, deve ser curto. Já se for um vídeo explicativo, uma apresentação de seu serviço ou um tutorial de produto, o vídeo pode ser maior, mas não gaste mais do que cinco minutos.

Tenha em mente que os vídeos de dois minutos ou menos são ideais para os espectadores. Então, se precisar, divida seu tópico em vários vídeos. Ir direto ao ponto ajuda a transmitir sua mensagem de maneira mais eficiente, por isso faça vídeos curtos e objetivos.

IMPORTANTE: Faça alguns vídeos de 30 segundos. Os vídeos mais curtos são conhecidos por envolver o público e converter mais, como este que fizemos para a A. Yoshii.

 

 

5. Faça vídeos de qualidade

Os vídeos podem ser sua arma de marketing, desde que usados corretamente, pois um vídeo de baixa qualidade será mais prejudicial do que útil. Então, se você não tem as habilidades para editar e filmar, contrate alguém que possa. Nós da IRRA, podemos ajudá-lo nisso 😉

Contudo, não deixe que a falta de experiência, orçamento ou equipamentos o desencorajem de tentar! O próprio YouTube, pelo Estúdio de Criação, por exemplo, permite que você faça edições, como cortar partes do vídeo, inserir cartões e adicionar músicas (eles disponibilizam, inclusive uma biblioteca de músicas gratuitas). Também oferecem cursos gratuitos que podem te ajudar bastante!

Além disso, lembre-se que os vídeos ao vivo não necessitam de grandes estruturas. Um ambiente iluminado, com um bom celular, tripé e microfone podem dar conta do recado.

O vídeo é o caminho do futuro. As pessoas querem ver o que você tem para oferecer, então mostre para elas, com vídeo!

 

 

*Este texto é uma adaptação do artigo de Noel Beltrand, publicado no site Business 2 Community.

 


¹Segundo definição da Rock Content, lead, em Marketing Digital, é um potencial consumidor de uma marca que demonstrou interesse em consumir o seu produto ou serviço.

²A tecnologia streaming é uma forma de transmissão instantânea de dados de áudio e vídeo através de redes. Por meio do serviço, é possível assistir a filmes ou escutar música sem a necessidade de fazer download, o que torna mais rápido o acesso aos conteúdos online. (Techtudo)

³Landing pages são páginas para captura de leads.

 

solicite-orcamento

Leia também